Entenda o que aconteceu com o Ronaldinho Gaúcho no Paraguai

Reprodução/Fatosdesconhecidos

Realmente, o futebol é uma paixão brasileira. Algumas pessoas ficam tristes quando o seu time perde e comemoram a vitória, como se fosse um verdadeiro evento. Isso explica muito porque o futebol não é apenas um jogo, mas sim uma verdadeira fixação.

Por isso, quase todas as crianças já sonharam em ser jogador de futebol. E os jogadores são verdadeiros ídolos para muitas pessoas. Um deles é Ronaldo de Assis Moreira, mais conhecido como Ronaldinho Gaúcho. Ele tem uma vida que pode dar inveja em muita gente, por conta das conquistas que ele já teve.

Aos 39 anos de idade, Ronaldinho já ganhou vários títulos, como prêmio Melhor jogador do mundo pela FIFA em 2004 e 2005, Champions League, a Libertadores e a Copa do Mundo. Hoje, ele está aposentado, mas seu legado como um mito em campo ficou. Ele também é conhecido por ser o rei do rolê aleatório. A internet sempre faz piadas com o craque aparecendo em vários lugares improváveis.

O ex-jogador e seu irmão, Assis Moreira, estão sendo investigado por uma suspeita de usar passaporte e documentos de identificação paraguaios falsos. Eles estavam se hospedando em um hotel em Assunção, no Paraguai, e ficaram sob custódia nele.

Paraguai

Ronaldinho Gaúcho tinha ido para o Paraguai, por causa de compromissos comerciais. Eles estão sendo ouvidos pelo Ministério Público nessa quinta-feria. Eles decidirão se irão de fato denunciar o craque e o irmão dele, ou não.

Autoridades foram ao Hotel Resort Yacht y Golf Club Paraguayo, depois de denúncias do Departamento de Identificações do Paraguai. Assim, disseram às autoridades migratórias, sobre a irregularidade com os passaportes.

No quarto de Ronaldinho Gaúcho, foram apreendidos passaportes paraguaios e carteiras de identidade. Também foram pegos os celulares do craque e do seu irmão.

Depois da apreensão, o Ministério Público do Paraguai informou que os passaportes são adulterados. Eles tinham sido emitidos para os cidadãos paraguaios, em janeiro de 2020.

A suspeita é que os documentos foram emitidos por um empresário brasileiro, de 45 anos, e ele foi detido e passou a noite na sede de Investigação de Delitos da Polícia Nacional.

Proxima página.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.