Tag Archives: hamsters

7 curiosidades sobre hamsters!

Curiosidades sobre hamsters podem surpreender até mesmo os amantes dos roedores. Esses pets podem até ser pequenos em tamanho, mas possuem muita história e uma grande personalidade! 

Conhecer mais sobre nossos pets favoritos é sempre uma ótima maneira de nos aproximar de nossos amigos. Após ler estas sete curiosidades sobre hamsters, você irá ficar ainda mais apaixonado por eles!

1. Eles vieram do Oriente Médio

Já imaginou encontrar um fofo hamster durante um passeio no parque? Pois saiba que, em alguns lugares do mundo, isso é possível! Se você está tentando imaginar em que local os hamsters são tão comuns, saiba que a resposta está no nome do bichinho. 

No mundo, encontramos diversas raças de hamsters domésticos. Porém, uma das mais comuns no Brasil e em outros países é o hamster sírio. E, de fato, nossos pequenos amigos vieram dessa região. 

Também encontramos os roedores em países como Grécia, Romênia, Bélgica e até mesmo na China. Com sua fofura e personalidade, os hamsters aos poucos ganharam o mundo, e hoje podemos encontrá-los em todas as regiões do planeta! 

2. Eles são banidos em alguns lugares do mundo

É difícil adivinhar por que esses pets fofos e encantadores seriam banidos de algumas regiões, não é mesmo? No entanto, por mais estranho que seja, essa é a realidade em diferentes locais do mundo! 

Na Austrália e na Nova Zelândia, nossos amigos roedores são banidos. O mesmo ocorre nos estados do Havaí e Califórnia, nos Estados Unidos. Isso porque as condições climáticas desses locais é muito favorável para os hamsters. 

Dessa forma, se um mini hamster escapar, ele pode causar danos no ecossistema local. Uma pena para os moradores, que não podem conviver com esses lindos animaizinhos. Porém, essa é uma medida de segurança que deve ser respeitada. 

3. Eles adoram limpeza e organização!

Os gatos ganharam a fama de pets higiênicos graças a seus banhos regulares. Mas essa não é uma prática exclusiva dos bichanos! Os hamsters tem cuidados com a própria higiene, também. 

Além de banhos, nos quais as linguadas ajudam muito, os hamsters ainda gostam de organizar a própria casa. Para nós, a gaiola pode até parecer algo simples, mas os roedores a dividem em local para dormir, para comer e para se exercitar.

Por isso, uma casinha de hamster suja pode ser muito estressante para eles. Cuide bem da higiene do lar do seu amigo roedor! 

4. Hamsters gostam de se reproduzir

Para quem tem um casal de hamsters em casa, vale o aviso: esses pequenos roedores adoram se reproduzir! Tudo para proteger a espécie. A gestação dos nossos amigos roedores é bem curta, uma das menores entre os mamíferos. 

Em condições ideais, uma hamster grávida está pronta para ter seus bebês em um período entre 10 e 25 dias! No entanto, esse tempo pode ser maior caso a mãe perceba que as condições não estão tão favoráveis para seus descendentes. 

E não pense que essa gestação relâmpago deixa a mamãe cansada. Uma hamster pode engravidar novamente no mesmo dia em que teve filhotes, sem problema algum! 

5. Mas eles podem ser péssimos pais

Apesar de serem ótimos em reprodução, os hamsters podem não ser tão bons em cuidar de seus filhotes. É comum tutores perceberem a mamãe hamster mostrando falta de cuidado com alguns bebês em especial. 

Em certos casos, elas podem inclusive comer seus bebês! Há diversos motivos para esse comportamento, mas, na maioria das vezes, também é uma maneira de proteger a espécie. Caso a pet tenha uma ninhada grande e ache que não tem os recursos necessários para cuidar de todos, essa prática medonha pode ocorrer. 

No entanto, estresses ou nervosismo também podem influenciar. Outra prática que confunde a mãe é o cheiro. Por isso, especialistas recomendam que o tutor nunca pegue um filhote de pet. Você pode acabar confundindo os instintos maternos e prejudicando a relação entre mãe e filho. 

6. Os dentes dos hamsters nunca param de crescer!

Eis mais algumas curiosidades sobre hamsters que você pode ter ouvido, mas não sabe se é verdade. Pois saiba que, de acordo com veterinários, é verdade que os dentes desses fofinhos nunca param de crescer! 

Como são roedores, eles precisam ter seus dentes grandes e afiados para se alimentar. Porém, caso as presas não sofram um desgaste regular, o dente pode crescer muito e prejudicar o pet. 

Para que isso não ocorra, o ideal é oferecer os alimentos certos para seu amigo. A ração para hamster costuma ajudar a desgastar os dentes. Mas, para garantir a saúde do pet, especialistas recomendam outros acessórios. O feno, uma espécie de grama desidratada, é excelente para cuidados com hamsters, e ainda ajuda a dentição. 

7. Eles são bochechudos!

As bochechas do hamster macho e fêmea são muito fofas, além de serem uma das características que tornam esse pet tão encantador. Mas saiba que tanta fofura não é à toa. As bochechas, na verdade, são espaços dedicados a armazenar comida! 

Se você convive com um hamster, provavelmente já observou eles se encherem de comida, ficando bem bochechudos, certo? Esse é um comportamento muito comum, pois é uma forma de guardar comida para depois ou levar alimento para sua família.

Isso é muito útil quando o animal em patinhas pequenas, como nossos amigos roedores. Essa prática é tão regular que é a origem do nome desse adorável pet. De acordo com estudos, a palavra hamster vem do alemão “hamstern”, que significa “acumular”!